Vincent e Van Gogh / 3 Luas

24,75 

E se Van Gogh não tivesse sido um artista genial, mas um pobre diabo sem o menor talento? E se uma das mais célebres obras de arte da história tivesse sido integralmente pintada por outrem e usurpada por Van Gogh? Conjectura extravagante, perfídia injuriosa? Talvez não. Porque certa noite, em Arles, Van Gogh salvou a vida a um misterioso gatinho chamado Vincent que se pôs a criar as telas mais extraordinárias… E essa situação improvável iria mudar para sempre a vida do pintor. A sua vida… E a sua morte!

REF: 9789899094345 Categorias: , Etiquetas: ,

Gradimir Smudja Argumentista, ilustrador, colorista Gradimir Smudja nasceu em Novi Sad, na Jugoslávia, em Julho de 1954. Emigra para a Suíça no início dos anos 1980. Aí, exercita o seu pincel ao serviço de um galerista, para quem reproduz telas dos grandes mestres do Impressionismo. Autêntico faz-tudo, executa cópias, trabalhos sobre tela e madeira e caricaturas antes de conseguir um lugar de professor de desenho na cidade de Lucca, em Itália. O seu Vincent et Van Gogh é um projecto antigo que lhe é particularmente querido e em que Smudja revela toda a extensão do seu talento, imitando na perfeição algumas das telas que marcaram a vida e imortalizaram o nome de Van Gogh. Mas essa cópia do trabalho do génio holandês não é uma simples representação técnica nem um mero exercício de estilo; é, acima de tudo, uma homenagem a Vincent feita por um pintor. A sua interpretação muito pessoal da história de Van Gogh, que parte do princípio de que a genialidade do pintor holandês se deve simplesmente ao seu gato, relata o percurso desse génio incompreendido com tanto humor como talento. Em 2004, é publicado Le Bordel des Muses (Delcourt). Depois de Van Gogh, Smudja lança-se à obra de outro monumento da pintura: Toulouse-Lautrec. Thierry Joor Argumentista Thierry Joor nasceu em Bruxelas em 1961. Reside na Bélgica e em Paris. Ligado desde sempre à Banda Desenhada e Novelas Gráficas e caçador de autógrafos desde os onze anos, já publica fanzines antes de ingressar na École Supérieure des Arts Saint-Luc, em 1989. Mas o bichinho da edição é mais forte que o do desenho e, ainda estudante, cria um novo fanzine, o Kaput, que reúne uma selecção de histórias de antigos alunos mas também dos seus companheiros de ateliê. Em 1984, juntamente com o irmão, cria uma estrutura editorial baptizada Les Éditions du Lion, com a qual publica edições de luxo de Franquin e de Hermann, bem como obras colectivas inspiradas nas personagens de Spirou e, depois, de Tintin. Em 1987, após a falência do seu distribuidor francês, abre, em Bruxelas, a livraria e galeria Sans Titre. Em 1998, na sequência da publicação da sua autobiografia (Le Monde est petit), editada por ocasião dos dez anos da sua actividade de livreiro e galerista, inicia uma colaboração com Guy Delcourt na qualidade de director de colecção. Em Março de 2003, torna-se editor das Éditions Delcourt. Em 2004, Guy Delcourt propõe-lhe tornar-se director literário da sua editora. Actualmente, é editor de numerosas séries de sucesso, como Les Légendaires, La Rose Écarlate, Les Blagues de Toto, Okko, Sillage ou Centaurus. Mausart é o seu primeiro argumento profissional.

Informação adicional

Dimensões (C x L x A) 23,2 × 31 cm

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Vincent e Van Gogh / 3 Luas”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *