A Dúvida dos Passos e a Certeza do Caminho

15,30 

Escrevemos Poesia porque sim. Ela transcende-nos e sabemos que isso não nos basta. Ela é o começo do Mundo e, para alguns, um corrimão estável e seguro. Assim, aceita este primeiro conselho: aventura-te e realiza um longo passeio por este belíssimo livro de Poesia que é também uma espécie de Manual para a Vida e para a Morte. Frui, inquieta-te, leva as tuas dúvidas ao limite e, enquanto por cá andares, saberás que os versos do Luís Ochoa serão – também – o colchão fofo e perfumado que irá aparar as tuas quedas. Pois bem sabes (ou devias saber) que «O poema ensina a cair» (Luiza Neto Jorge).
Não é – apenas e só – mais um livro de Poesia, é um imenso grito do verdadeiro poeta Luís Ochoa a que ninguém pode ficar indiferente. É urgente despertar e ouvir bem. Conselho (mais um…): lê – como se fossem mantras ou orações – um poema por dia e a tua Alma ficará imensamente agradecida.
Este livro também é uma espécie de Sabat (“suspensão da atividade”), um começo de liberdade com ou sem finalidade, um caminho para a Metafísica (que é e não é Outra Coisa).
A proposta deste livro também é o Outrar pessoano (alteridade). Eu sou Eu, o Outro e deste encontro irás aguardar – com paciência e entusiamo (o tal Deus dentro de ti) – o nascimento de algo novo, arrebatador, inesperado, diferenciado e…
Até mesmo o cansaço do mundo do Outro será o teu próprio cansaço. Para nos “salvarmos”, precisamos de cinco coisas essenciais: consciência do nosso cansaço, mundividência do Paraíso, ócio, música e poesia.
É esta proposta poética um roteiro que convida a uma peregrinação pelo lugar essencial da Alma. Para realizar tal coisa é preciso que sejas um aventureiro da espiritualidade. Se não és do rebanho e tens coragem, ousadia, rebeldia, inquietação, dúvida e capacidade de espanto, então vai e «Faz o caminho do Poema» (Ângelo Rodrigues).
Este livro é uma busca/demanda pelo Sentido. Não encontrarás aqui nada que não esteja já na tua pobre Alma. O primeiro problema é que não tens sabido procurar. O segundo problema é o facto de viveres na sociedade do Cansaço. O terceiro – e também o maior problema – é a tua/nossa incompreensão do que É. Lê e liberta-te!
Por Ângelo Rodrigues
In contracapa “A Dúvida dos Passos e a Certeza do Caminho”

Só 2 em stock

REF: 9789893538357 Categorias: , Etiquetas: ,

Como me pesam tanto os dias, faço questão de me interessar, apenas, pela biografia do futuro. Porém, se me exigem, agora, como tantas outras coisas que me têm exigido, que faça um relato da vida que tenho tido, somente digo: se eu um dia pudesse ser um tecido largo de expressão, e abandonar o sono que me adormece a existência, concentraria, em mim, a arte de viver, e veria ser-me tratado pelo Destino como superior ao que tenho sido!
Seria justo este novo conceito do mundo, e de ser!

Informação adicional

Dimensões (C x L x A) 15 × 23 cm

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “A Dúvida dos Passos e a Certeza do Caminho”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *