Escorpiões do Deserto 3

24,75 

Secção especial do exército britânico em África, o Long Ranger Desert Group, que ficou conhecido como os Escorpiões do Deserto, existiu na realidade. Trata-se de uma unidade criada no início da Segunda Guerra Mundial, no Egipto, no seguimento da declaração de guerra italiana. Agindo por detrás das linhas inimigas, esta unidade tinha por missão recolher informação que permitisse aos aliados detectar os movimentos e posições dos inimigos alemães e italianos. Pratt viveu na Abissínia durante a sua juventude (entre 1937 e 1944) e conheceu pessoalmente alguns membros dessa secção.

Heróis daquilo a que o autor chamava «a última guerra romântica», as personagens que Pratt apresenta nos episódios de «Os Escorpiões do Deserto» vivenciam uma guerra muito distante de uma guerra clássica convencional: as situações, por vezes absurdas, sucedem-se a uma velocidade de carrossel e os homens, de costas viradas para os interesses das potências coloniais em África, parecem perdidos, entregues a si próprios num conflito cujos contornos não percebem. É disso exemplo a afirmação de Clelia Avantini, proprietária do bordel “Brisa de Mar” quando lhe é transmitida a condenação à pena capital: “Nunca percebi grande coisa de política, mas, neste caso… apenas quero dizer: Viva De Gaulle, viva a França livre!”

Com a publicação de «Brisa de Mar», o quinto episódio da série «Os Escorpiões do Deserto» assinado por Pratt, a Ala dos Livros conclui a publicação daquela que é considerada a série de Banda Desenhada e Novelas Gráficas mais pessoal do mestre italiano.

Disponível por encomenda

REF: 9789895303915 Categorias: , Etiquetas: ,

Autor italiano de Banda Desenhada e Novelas Gráficas, escritor e aventureiro, nascido em 1927 e falecido em 1995, com apenas treze anos, combateu na Etiópia no exército de Mussolini, mas veio depois a colaborar com os Aliados como intérprete. Hugo Pratt é unanimemente considerado um dos maiores desenhadores do mundo. As suas obras de Banda Desenhada e Novelas Gráficas, as suas obras gráficas e as suas aguarelas são expostas nos mais conceituados museus, do Grand Palais à Pinacothèque de Paris, passando pelo Vittoriano em Roma, o Ca' Pesaro em Veneza ou o Santa Maria della Scala, em Siena. Pratt definia as suas histórias utilizando o termo "literatura desenhada". É citado por autores e artistas como Tim Burton, Frank Miller, Woody Allen, Umberto Eco ou Paolo Conte. Viveu em Itália, na Argentina, em Inglaterra, em França e na Suiça. Viajante incansável, atravessou praticamente todo o resto do mundo.

Informação adicional

Dimensões (C x L x A) 24 × 31 cm

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Escorpiões do Deserto 3”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *