Maria Gomes

12,60 

O caso de Maria Gomes é, a um tempo, singular e paradigmático. É singular, pelo facto de não se conhecer uma vítima feminina da Inquisição tão idosa, pois, a crer na idade – nunca questionada pelos seus carrascos –, Maria Gomes teria 117 anos quando foi executada nas fogueiras da Inquisição no dia 5 de setembro de 1638. Tendo em conta a sua provecta idade, o seu sofrimento nos cárceres dos Estaus ao longo de dois penosos anos, a tortura a que foi submetida e a sua execução pelo fogo, constituem uma prova insofismável da total destituição de sentimentos – supostamente cristãos – por parte daquela tenebrosa instituição católica. E é paradigmático, pois no seu processo encontramos uma descrição detalhada de como uma cristã–nova, vítima de vagas denúncias de ser “crente na Lei de Moisés”, estava sujeita à prisão, a intermináveis interrogatórios, à tortura, a confissões indesejáveis e à própria morte, submetida à arbitrária insatisfação dos insaciáveis inquisidores. Pois, foi isso mesmo que aconteceu a Maria Gomes.

REF: 9789727808885 Categorias: , Etiquetas: ,

Jorge Martins, nascido em Lisboa (1953), é doutorado em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa com uma tese sobre os judeus portugueses (2006). Autor de manuais escolares, obras de ficção e ensaio, designadamente estudos judaicos e inquisitoriais, temática a que se tem dedicado nos últimos 24 anos,

Informação adicional

Dimensões (C x L x A) 15 × 23 cm

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Maria Gomes”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *