O Papagaio de Papel (Capa dura)

14,40 

Poderá o medo impedir-nos de salvar aqueles que amamos? Durante a fase inicial da pandemia de COVID-19, Henrique de Albuquerque prevê o confinamento domiciliário e recata-se com Afonso, o filho de dez anos, num casebre isolado em Santo Tirso. No dia em que o estado de emergência entra em vigor, os dois descobrem um baú. O homem abre-o e, sem se aperceber, liberta um grande mal que os amaldiçoa. Ao longo da quarentena, experienciam situações surreais: Afonso é perseguido por sátiros e Henrique seduzido por ninfas. Os encontros tornam-se mais frequentes e ambos começam a demonstrar sintomas severos do novo coronavírus, enquanto algo maligno os observa de longe… alimentando-se deles… sorrindo…

Este conto de fantasia portuguesa explora o receio e a incerteza do enclausuramento forçado por uma crise covídica sem precedentes. Pai e filho terão de unir esforços para descobrir o que está a tornar os seus pesadelos realidade, ao mesmo tempo que sonham em fazer voar o papagaio de papel do menino, a última réstia de esperança no meio do caos causado pelo horror do desconhecido.

REF: 9789893313244 Categorias: , Etiquetas: ,

Marcelino Rodrigues (9 de dezembro de 1986) é natural de Vila do Conde, Portugal. Licenciou-se em Línguas – inglês e francês – e pós-graduou-se em Relações Internacionais. Desde criança que se viciou em ler e ouvir histórias de horror e fantasia negra. Agora, enquanto adulto, ocupa as suas noites escrevendo as peripécias das mais aterradoras criaturas do bestiário tradicional português.

Informação adicional

Dimensões (C x L x A) 13,4 × 21,3 cm

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “O Papagaio de Papel (Capa dura)”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *